Alimentação Saudável: 8 Dicas Extremamente Importantes Para Você!

Você sabia que ter uma alimentação saudável não é apenas sinônimo de escolher os alimentos corretos na dieta? Pois é.

Outros hábitos, como o consumo adequado de líquidos, o respeito aos intervalos de tempo em que é preciso se alimentar e a própria forma de mastigação também são fatores que influenciam diretamente em uma alimentação saudável.

Caso você também queira saber como ter uma alimentação saudável, confira neste artigo algumas dicas que irão fazer a diferença em seu cotidiano. Vamos lá?

8 Dicas Para Uma Alimentação Saudável

Uma alimentação saudável significa basicamente priorizar os alimentos naturais, que podem ser: frutas, legumes, verduras e grãos.

Excluindo os insdustrializados que estamos acustumados a comer diariamente. Por mais que sejam praticamente prontos, são ricos em gorduras saturadas, calorias e sódio. Conheça agora as 8 dicas!

1. Realize cada refeição com calma

O seu organismo precisa de um tempo certo para o processamento de cada refeição. Quanto maior é a pressa na hora de se alimentar, menor é o tempo que o seu sistema digestivo tem para “se virar”.

2. Atente à mastigação

O processo de digestão começa já na boca, na forma como os alimentos são triturados e salivados.

Mastigar cada ‘garfada’ corretamente e com calma é o que permite que os alimentos se tornem mais pastosos, facilitando a digestão. Se o indivíduo come rapidamente, há ainda uma tendência de que ele coma mais – pois os alimentos já consumidos não foram digeridos como deveriam ser.

Sabe quando você come tanto que logo em seguida seu estômago começa a revirar? Pois é: efeito disso.

3. Tenha horários para as refeições

Se cada dia você comer em períodos diferentes, seu organismo irá se acostumar mal. Sendo assim, o mais adequado é seguir um ritmo – proporcionando estabilidade tanto nutricional como também hormonal ao corpo.

O recomendado você já deve saber: comer de três em três horas em porções menores, que facilitem a digestão ao mesmo tempo em que controlam a fome a compulsão alimentar.

4. Prefira os alimentos integrais

Arroz, massas em geral e quaisquer outros – em todos os casos, prefira suas versões integrais. Isso porque eles concentram uma quantidade maior de nutrientes responsáveis pela manutenção de sua saúde. Além disso, controlam os níveis de açúcar no sangue e evitam doenças como a diabetes, hipertensão e colesterol ruim alto.

5. Frutas, verduras e legumes devem fazer parte do cardápio diário

Frutas e hortaliças são grandes aliadas na saúde do indivíduo a medida em que são ricas em vitaminas, fibras, minerais e outros nutrientes. Além disso, elas contam com características antioxidantes (o que protege as células da ação dos radicais livres), são desintoxicantes (mantém o corpo livre de toxinas e impurezas) e ainda contém fitoquímicos (com os carotenoides, polifenóis e flavonoides, por exemplo).

6. Evite os alimentos ‘refinados’

Os alimentos refinados desequilibram a digestão e ainda favorecem o desenvolvimento de bactérias ruins (patogênicas) no organismo humano. Seus principais representantes são: pães, trigo, açúcares, arroz e massas no geral.

7. Aposte na ingestão de líquidos

A ingestão de líquidos é o que permite que o organismo se mantenha bem hidratado – e ainda facilita o transporte de nutrientes. A melhor forma de identificar uma boa (ou ruim) hidratação é observando a cor da urina. Se ela estiver muito forte, mau sinal. Se estiver amarela bem clara, perfeito.

8. Evite ao máximo os industrializados

Alimentos industrializados, embutidos, congelados ou processados devem ser completamente eliminados de qualquer alimentação saudável. Entendido?!

Se você gostou deste artigo não deixe de comentar e para ajudar outras pessoas, compartilhe nas redes sociais abaixo. (Facebook, Twitter, Google Plus, WhatsApp)

Péssimo!Ruim!Regular!Bom!Ótimo! (32 Votos, Média: 4,31 de 5)
Loading...